Sexta-feira, 27 de Maio de 2005

Nacionalidades


Acerca da questão das nacionalidades surgem várias perguntas:


Se um casal de chineses, por exemplo, tiver um filho em Portugal, o seu filho é considerado português?


Claro que não, um cão por nascer num estábulo não é considerado cavalo, ou é?


O mesmo acontece se um português e uma portuguesa tiverem um filho no Quénia, por exemplo, “lá por o cavalo nascer fora do estábulo, não deixa de ser cavalo, ou deixa?


Então, e se for o filho de um português e de uma chinesa, ou entre um queniano e uma portuguesa?


Aí, a criança é considerada, devido às diferentes nacionalidades e etnia dos pais, Asiático-Europeu, ou no outro caso, Afro-Europeu.


E onde viverá esse filho?


Boa pergunta, a qual tenho uma resposta simples;


De modo a evitar tal dilema diga não à mistura racial, é certo que não existe nenhuma lei do amor que proíbe as pessoas de se apaixonarem por pessoas de diferentes etnias, mas pela continuação da sua nacionalidade (neste caso portuguesa), e para a continuação de um povo português com identidade diga não á mistura racial.


Portugal sempre Português!

publicado por SSoldado_Lusitano às 11:22
link do post | favorito
De pataphisico_azul a 30 de Maio de 2005 às 13:49
Entao o meu caro camarada acha que o Adao e a Eva eram respectivamente do Cacém e de Leiria, e por isso o sangue portugues nao tem uma gota de impuro...
Comentar:
De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Sugestões de Leste

. Algo mais...

. Reparos

. A Droga e o Governo

. Espaço Xenofobia

. Consequência

. Bom Ambiente

. Manifestações

. Um País anestesiado

. “Navegar é preciso”

.arquivos

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds