Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2006

Sacrifícios Conjuntos

 


Acerca de sacrifícios conjuntos de que tanto falam os políticos em Portugal, e que esta semana o ainda Presidente da República, Jorge Sampaio se referiu aquando do tema do aumento do custo da electricidade para os consumidores domésticos.

Deixo aqui um artigo pertinente datado de 9 de Janeiro

Factura das famílias pode subir quase 25%

 


O preço da electricidade para os consumidores domésticos poderá aumentar quase 25% em 2007, se não houver qualquer intervenção política pelo Governo no sentido de limitar essa subida. Isto na sequência do fim da limitação das subidas ao valor da inflação prevista e da passagem para estes clientes do pagamento integral dos custos associados à produção eléctrica com base em fontes renováveis, ontem anunciada pelo presidente do regulador do sector, a ERSE. Na prática, a factura mensal das famílias, poderá passar dos actuais 30 para quase 37 euros. As contas do JN - confirmadas por vários reconhecidos especialistas em energia - partem de três pressupostos. O primeiro é que o consumo eléctrico dos domésticos (cerca de um terço do total) não vai aumentar; em segundo lugar, que, em 2006, a produção com base energias renováveis (que sai mais cara que a convencional) será igual à deste ano; por fim, e uma vez que este ano o aumento das tarifas ainda esteve limitado à inflação, que o défice daí resultante será o mesmo.

Contas passo a passo

Vamos por partes. Este ano, o aumento decidido foi de 1,2%, quando a própria ERSE admitiu que, sem tecto da inflação, teria sido 14,7%.O resultado foi a criação de um défice de 421 milhões de euros, que deverá ser replicado este ano. A este primeiro "buraco" junta-se um segundo de 56 milhões de euros, motivado pela "travagem" das subidas para as empresas, anunciada anteontem pelo Governo. Como este montante terá de ser pago no máximo em cinco anos, haverá um acréscimo anual de 6,6% na tarifa. Por outro lado, o facto de passarem a ser apenas as famílias a pagar, a partir de 2007, os custos associados às energias renováveis implica um segundo agravamento. De acordo com o presidente da ERSE, Jorge Vasconcelos, este "sobrecusto" teria implicado mais dois pontos percentuais de aumento este ano, a somar aos 1,2% de facto verificados. Tudo somado - e como a partir de 2007 o défice gerado em 2006 vai repercutir-se na íntegra nas tarifas - a subida poderá chegar aos 23,3%.

Medida "desadequada"

A passagem exclusivamente para as famílias do sobrecusto das renováveis - reivindicada pelos empresários - é vista como "totalmente desadequada" pelo secretário geral da Deco. As medidas de fundo, no âmbito do Mibel e da redução da dependência do petróleo, é que já deveriam "ter sido tomadas", diz Jorge Morgado. Também Hélder Spínola, da Quercus, acha o mecanismo "injusto". "Não podemos admitir que, para salvaguardar custos mais baixos para as empresas, se sobrecarreguem os domésticos". Já o presidente da associação dos produtores de renováveis (APREN), Sá da Costa lamenta que se "atirem as culpas" dos custos de produção para as renováveis. No futuro próximo, explica, produção eléctrica a partir destas fontes ficará mais barata, pelo que espera "que, nessa altura, os benefícios recaiam apenas sobre os domésticos" e não sobre as empresas que, garante, "vão acabar por arrepender-se" do que pediram.


 


Escândalos no Montijo

publicado por SSoldado_Lusitano às 23:48
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Sugestões de Leste

. Algo mais...

. Reparos

. A Droga e o Governo

. Espaço Xenofobia

. Consequência

. Bom Ambiente

. Manifestações

. Um País anestesiado

. “Navegar é preciso”

.arquivos

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.links

M560_1.jpg
blogs SAPO

.subscrever feeds