Domingo, 13 de Fevereiro de 2005

Legalização das drogas

Este problema que afecta-nos a todos directa ou indirectamente, tem sido debatido nos mais variados locais (Parlamento), Neste momento em Portugal duas teorias são defendidas por grupos diferentes:


Passarei então a extremizar tal tema...


Há um grupo que defende a legalização, de drogas leves principalmente (extrema esquerda), pois pensam que com o desaparecimento de tal proibição, clandestinidade do consumo e venda torne esta menos apetecível, o que provocaria a sua diminuição.


O outro extremo (extrema direita) é contra tal legalização, acredita pois que se deve combater contra tal, propondo uma maior ajuda dos Estado em criação e financiamento de Instituições que se dedicassem inteiramente a combate á droga, pois Portugal não pode permitir que crianças indefesas sejam constantemente aliciadas por indivíduos que visam apenas na destruição do nosso país.


Eu pessoalmente, sou contra a legalização das drogas, sejam elas leves, duras, etc.


Penso que o Estado deveria:


- Dar mais poder a organizações capazes de desmantelar tais redes de tráfico e contrabando de droga como por exemplo a PJ;


- Aumentar o tempo de pena para tais crimes, com variantes, pois quem não fosse português deveria ser repatriado para o seu país;


- Criar movimentos e campanhas por todo o país direccionada principalmente aos jovens portugueses de modo a prevenir o consumo, tendo este programa de ser consistente e coeso.


Com a legalização das drogas, eu não creio que o consumo diminuísse.


Lucrariam apenas os traficantes que passariam (já que era legal a venda e o consumo de drogas),começaria a venda nos hipermercados por todo o país, passaríamos a ver tal produto nas prateleiras dos nossos hipermercados, penso que não seria fácil de explicar aos nossos filhos que produto horrendo seria aquele mesmo ao lado de produtos, como por exemplo o leite, já que seria encarado como um produto igual aos outros, e com livre circulação por Portugal, (até mesmo nas escolas).


Penso que tal situação deve continuar utópica, mas para que tal situação não aconteça os portugueses terão de acordar.


Vamos orgulhar-nos novamente de sermos PORTUGUESES.


É também de relevo, que está provado que o consumo de drogas diminui as capacidades do nosso cérebro, PAREMOS ENTÃO COM ESTE CRIME QUE NOS AFECTA A TODOS.


Não vá na conversa de que por ser a droga proibida é o "fruto" mais apetecido.


diga, NÃO ÀS DROGAS!


PORTUGAL SEMPRE!

publicado por SSoldado_Lusitano às 20:17
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Sugestões de Leste

. Algo mais...

. Reparos

. A Droga e o Governo

. Espaço Xenofobia

. Consequência

. Bom Ambiente

. Manifestações

. Um País anestesiado

. “Navegar é preciso”

.arquivos

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.links

M560_1.jpg
blogs SAPO

.subscrever feeds