Sexta-feira, 20 de Maio de 2005

O que é nacional é bom!



Porque é que os portugueses preferem o produto estrangeiro ao produto nacional?


Porque é mais barato.


Pois bem, mas não será de menor qualidade?


Veja-se o caso dos produtos alimentares, ou mesmo os têxteis chineses.


O Português deve ter em mente que “O que é nacional é bom!”, (aproveitando um slogan de uma conhecida marca portuguesa), ou seja, cada português deve ter preferência pelo produto nacional, de modo a que se proporcione o desenvolvimento do mesmo, pois caso contrário, o produto português nunca se imporá no próprio mercado nacional, o que seria mau, pois é fundamental que o produto nacional se desenvolva, de modo a criar emprego, criar riqueza, enfim, gerar um país economicamente próspero beneficiando do desenvolvimento do produto nacional, o que iria melhorar a vidas dos portugueses, o que geraria mais..., e mais..., n coisas boas para Portugal.


É mais caro o produto nacional, porque ninguém o compra, pois se os portugueses comprassem o que é nacional, o mesmo desceria o preço. Com o aumento da procura o preço desce, com a diminuição da procura o preço sobe.


É também de salientar que quando digo: “o que é nacional é bom!”, digo bom em Portugal, Espanha não pode ser “obrigada” a aceitar o produto português no seu mercado, se bem que possa adoptá-lo de livre vontade.


Portanto, o que é nacional é bom. É, pelo menos deveria ser, cada indivíduo de um determinado país deveria ter preferência pelo “produto” do seu país (produto nacional), de modo a permitir um desenvolvimento do mesmo. Tal produto poderá ser multicultural, claro, desde que não tenha sido imposto (como melhor), e que a outra civilização ou país tenha aceitado sem ser obrigada.


O que eu quero dizer com isto é que por exemplo nos produtos alimentares, ninguém nos deve dizer o que devemos comer (crítica à União Europeia).


Já que falo da União Europeia e para uma maior compreensão do que é a União Europeia, utilizarei um argumento, ou como lhe queiram chamar, de Manuel Monteiro, que é mais ou menos o seguinte:


Imaginem um prédio (União Europeia), de 25 andares, Portugal mora num desses andares, tal como os restantes países da União Europeia moram nos seus respectivos andares, como é sabido num prédio os condóminos utilizam a mesma porta de entrada do prédio, falam entre si, podem até manter uma relação estável, mas após a entrada na nossa casa, neste caso Portugal, os outros vizinhos, ou melhor, o administrador, não tem o direito de decidir o que comemos, ou as visitas que recebemos na nossa casa (Portugal), ou o dinheiro que devemos pagar de condomínio, ou tem?


Em suma, não ao federalismo imposto por Bruxelas, sim à independência e soberania de Portugal! Sim á Europa, não à União Europeia!


Então e os carros?


Ora aí está um exemplo do que Portugal pode adquirir, “de livre vontade”, pois é um objecto essencial na sociedade actual, refiro aqui o automóvel como um produto que pode ser multicultural, como é referido no princípio do texto.


Mas porque não investir numa marca de automóveis portuguesa?


Para cobrir as despesas de tal investimento porque não apostar mais no desenvolvimento dos têxteis portugueses, ou numa maior exportação de Vinho do Porto, no calçado, ou nos produtos piscatórios e em tantas outras coisas? (Aceitam-se outras sugestões do que poderia desenvolver o NOSSO país).


Tudo isto é um problema de mentalidade, (e de acordos com a União Europeia), pois a partir do dia em que todos os portugueses prefiram o que é português, Portugal atingirá o seu máximo esplendor.


O que é Nacional é bom! 



bandeira_m.gif


Portugal Sempre!

publicado por SSoldado_Lusitano às 13:49
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De SSoldado_Lusitano a 21 de Maio de 2005 às 13:38
Grato pela correcção, mas devido ao enorme tamanho da bandeira optei pela segunda maior bandeira no site que referenciou, mais uma vez obrigado ;)
De criminoso nacionalista a 21 de Maio de 2005 às 12:26
essa bandeira não corresponde á oficial.... você está a cometer um crime punível por lei.
para não falar no desrespeito á bandeira.

esta é a oficial: http://www.presidenciarepublica.pt/pt/republica/simbolos/bandeiras/bandeira/bandeira_g.gif (http://www.presidenciarepublica.pt/pt/republica/simbolos/bandeiras/bandeira/bandeira_g.gif)
De Mike a 20 de Maio de 2005 às 14:45
Participa com mensagens e posts no meu site.
Anuncia tambem nele o teu blog, mail, site , forum ou o que quiseres.

http://www.my-forum.org/foros.php?id=15506
De SSoldado_Lusitano a 20 de Maio de 2005 às 14:42
Obrigado, mas ainda não acabou...falta mais um, vejo que se inscreveu no forum, bons posts, cumprimentos.
De Pantera a 20 de Maio de 2005 às 13:55
O link já está retribuido.Espero que a época de exames lhe tenha corrido bem!!Abraço forte!!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Sugestões de Leste

. Algo mais...

. Reparos

. A Droga e o Governo

. Espaço Xenofobia

. Consequência

. Bom Ambiente

. Manifestações

. Um País anestesiado

. “Navegar é preciso”

.arquivos

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.links

M560_1.jpg
blogs SAPO

.subscrever feeds