Sexta-feira, 17 de Junho de 2005

Acordo UE/China

Indústria têxtil recebe acordo UE/China de braços abertos


“O acordo concluído a 10 de Junho, durante uma deslocação do comissário europeu do Comércio, Peter Mandelson, a Xangai, foi considerado pela Associação Têxtil e Vestuário de Portugal como “uma incontestável vitória do associativismo têxtil nacional, e também europeu e mundial”.


Também em comunicado a União francesa das Indústrias de Vestuário (UFIH) qualificou o acordo de “positivo” e sublinhou que a “auto-limitação para os anos de 2005, 2006 e 2007, numa progressão anual de cerca de 10%, aceite pela China, para as categorias de vestuário mais sensíveis, é um avanço positivo nas relações comerciais entre a UE e a China”.(...)


Este acordo não significa, porém, que a Comissão Europeia pode – ou vai – baixar os braços. A ATP alerta que “é necessário permanecer vigilante no cumprimento do acordo, pois a China é um interlocutor difícil e o histórico relacionamento não é o mais edificante”. Por isso a associação portuguesa recomenda que é necessário verificar se “esta auto-limitação das exportações para a Europa não será seguida de procedimentos de ‘transhipment’ a partir de outros países, mantendo-se dessa forma e, por outros expedientes, o crescimento descontrolado dos fluxos de mercadoria, que efectivamente são oriundos da indústria chinesa”.


Além disso, o acordo contempla apenas dez categorias e de fora estão outras de grande sensibilidade para a indústria têxtil nacional, pelo que a ATP recomenda que as autoridades europeias pressionem a celebração de novos convénios ou a extensão do presente a outras categorias.


Principais pontos do acordo



  • O acordo cobre dez das 35 categorias têxteis chinesas liberalizadas a 1 de Janeiro;

  • A UE aceita pôr fim às investigações em curso sobre estas categorias;

  • O acordo limita o crescimento das exportações das dez categorias entre 8% e 12,5% ao ano para 2005, 2006 e 2007. Estes níveis serão calculados com base nos níveis de dois ou três meses após a eliminação das quotas;

  • Para as categorias não contempladas e para 2008 a UE vai levar a cabo acções para restringir as exportações de acordo com o artigo 242 do protocolo de adesão da China; - Os dois lados estão sempre prontos a discutir qualquer aspecto relacionado com a implementação do acordo;

  • O acordo terá de ser aprovado pelos Estados-membro e pelas autoridades chinesas competentes. No entanto, este não é o único sector que ameaça os mercados mundiais, sendo que o calçado e as bicicletas parecem ser os produtos que se seguem. Bruxelas demonstrou a sua preocupação com o crescimento de quase 700% nas exportações de calçado desde Janeiro.(...)”





 http://www.diarioeconomico.com/edicion/noticia/0,2458,642853,00.html






É também com algum contentamento que assisto a tal acordo de limitação, pois sem o mesmo Portugal era dos países mais afectados com a liberalização do mercado para com a China, sendo prejudicado mais gravemente na produção de t-shirts, onde a exportação chinesa aumentou cerca de 187%, apenas no 1º trimestre deste ano (2005), em Portugal verifica-se uma quebra de produção de 30 a 50% em relação a t-shirts, pois é sabido que o mercado português de têxteis é ainda bastante frágil.


 


Contudo, com este acordo apenas atenua esta situação, na minha opinião pessoal, o mais eficaz seria cancelar os acordos com o “monstro chinês”, porém este é um ponto positivo para a UE, contudo tardio, pois um dos objectivos da UE é defender os interesses dos estados-menbros, e tal objectivo foi cumprido um pouco tarde...


 


Devemos optar pelo que é de maior qualidade (o têxtil nacional, diga-se português, é de maior qualidade que o têxtil chinês).


Devemos defender os têxteis nacionais, o produto Português!


Portugal Sempre!

publicado por SSoldado_Lusitano às 21:32
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De BastonadasNacionais a 20 de Junho de 2005 às 18:48
SSoldado Lusitano;

Obrigado pelo comentário no "BastonadasNacionais"!

Quanto ao teu texto... infelizmente só tenho a dizer que anda para aí uma cambada de Burros!! Falamos do chineses e vai ser lixado e tal... Epá, meus amigos para mim ser Nacionalista também é não entrar numa loja de chineses nem num restaurante de chineses! Não comprar nada a ciganos, feiras, Mcdonald's, evito tudo isso! À minha custa não ganham!

Quanto à nossa indústria apesar de estar má, infelizmente tenho de dizer que temos mesmo assim mais do que merecemos! Os Portugueses tornaram-se arrogantes, perderam a humildade e preferem humilhar-se caladinhos, enquanto recebem subsidios da CEE, politicas sociais e outras que tais! Se não houvesse politicas sociais, os Portugueses moinas tinham ido trabalhar para as obras e os pretos, ucranianos, etc, etc não tinham vindo porque os lugares estavam ocupados!!!

O que falta neste País é as pessoas perceberem que ser Nacionalista não é ser Nazi, SkinHead, Fascista, nem nada disso, porra!!!

Para mim ser Nacionalista é contribuir para o desenvolvimento da minha sociedade - Portugal, pagando impostos, preferindo Portugal e abdicando até de algumas facilidades como... meter umas baixas, uns desempregos e tal e tal, para andar na praia a curtir... Falta orgulho neste País e acho que o Nacionalismo deve assutar é a malta que não quer trabalhar... Para nos orgulharmos de algo temos que meter esforço e isso custa.. ha pois custa!!!
De SSoldado_Lusitano a 18 de Junho de 2005 às 22:11
"Nem amor os portugueses têm ao país, têm gosto em ser do contra em dizer não por dizer, sem terem causas", enquadras-te nisto? Skinheads? o que têm a ver com este blog? Vi o africano no noticiário, falava que o bairro onde ele vivia (Cova da Moura), era um sitio maravilhoso?!? acreditas nisto?, não percebo também porque te diriges a este blog, como se fosse uma associação,(3ªpessoa do plural). Os portugueses, que por exemplo estão na Inglaterra, como em França, estão lá por não haver condições para cá estarem (em Portugal), os nacionalistas alertam, para que se criem tais condições para que os portugueses não saiam do país,(exemplo de cursos de medicina, em que os estudantes portugueses são obrigados a exercer em Espanha, pois em Portugal não há condições), e que os portugueses que são emigrantes, retornem ao seu país. Se os africanos, não gostam do que se passa em Portugal, porque não tentam criar também eles condições para os africanos que cá estão voltarem para lá? Em relação á manifestação também vi um contra-manisfestação "bastante educada" onde se ouvia "Palhaços, Palhaços, Plalhaços"...
De T!aHhH a 18 de Junho de 2005 às 21:47
Achas realmente que povos africanos não merecem os direitos dos portugueses!? Achas muito sinceramente que os portugueses contribuem para o desenvolvimento deste país!? Nem amor os portugueses têm ao país, têm gosto em ser do contra em dizer não por dizer, sem terem causas. E Skinheads!? Constroem alguma coisa neste país!? LOOOOOOOOL só destroem e não é pouco. A maneira como falaram hoje na televisão dá para ver a laia e educação que essa matilha tem! Nem educação, nadaaaa! O que os negros estão a passar neste país é qualquer coisa parecida com o q os portugueses neste momento estão a passar em Inglaterra depois daquele rapaz ter mroto a namorada inglesa. Deviam abrir os olhos e ver o que fazem também aos nossos portugueses lá fora. E não gostam! Certamente que os africanos lá fora também não gostam da maneira como estes brancos incultos tratam os negor.s Espero tb que tenhas visto como o negro da Cova da Moura falou hoje na tv. Correctamente, falou pouco mas bem. E quem fala pouco mas bem não tem a infelicidade de se enterrar à grande! O português tb matou em Inglaterra, o que diz o povo disto!?
De T!ahHh a 18 de Junho de 2005 às 21:40
Não li o teu texto todo mas tive oportunidade de ler outros... Não concordo com muitas das tuas ideias, e penso que continua a haver muita gente com ideias semelhantes às tuas, infelizmente =| Se quiseres passa no meu blog, talvez te interesse qualquer coisita!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Sugestões de Leste

. Algo mais...

. Reparos

. A Droga e o Governo

. Espaço Xenofobia

. Consequência

. Bom Ambiente

. Manifestações

. Um País anestesiado

. “Navegar é preciso”

.arquivos

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

.links

M560_1.jpg
blogs SAPO

.subscrever feeds